Este espaço é reservado para a publicação da documentação do projeto binca no âmbito da disciplina de Projeto 2011/2012 do 3ºano do curso de Novas Tecnologias da Comunicação.
15
Mar 12

Tal como mencionado no post #investigação03, ficou definido como público-alvo crianças entre os 3 e os 4 anos, contudo, surgiram algumas dúvidas quanto à compreensão, por parte das crianças, das metáforas dos jogos e, como forma de resolver este problema, decidimos procurar informação acerca das aptidões das crianças entre estas idades face a jogos e a dispositivos interativos touch.

 

Encontrámos um artigo, intitulado "Young Children, Apps & iPad" [1], que compara o comportamento e capacidades de crianças de 2 e 3 anos com crianças de 4 e 5 anos. Após uma leitura do mesmo, concluímos que as crianças com 4 e 5 anos têm gestos mais diretos e intencionais, mais vontade de exploração e capacidade de se adaptarem a novos jogos, enquanto que crianças com 2 e 3 anos exploram as interfaces com grandes gestos e esperam uma resposta imediata, ou seja, uma causa-efeito repentina, e necessitando ainda de interfaces bastante simples e embrionárias.

 

De acordo com outro artigo, "Kids and Games Developmental Psychology 101" [2], crianças com 4 e 5 anos tem uma melhor compreensão do tempo, regras dos jogos, fairplay e são mais controlados, sendo que crianças com 2 e 3 anos aprendem mais facilmente através de repetições, só percebendo ações do tipo causa-efeito e lidando mais facilmente com formas básicas (quadrados, círculos, etc.) e com cores.

 

Assim sendo, decidimos optar por mudar o público-alvo para crianças de 4 e a 5 anos, o que nos permite criar jogos um pouco mais elaborados - apesar de ainda necessitarem de simplicidade, não necessitamos de tanta preocupação quanto à compreensão das crianças em relação às metáforas do jogo. Relativamente à altura das crianças com esta idade observámos que não apresentam grandes diferenças, logo esse não será um problema.

 

Referências:

[1] LLC, M. C. G. (2010). Young Children, Apps & iPad, U.S.Department of Education.

[2] Fisher, C. E. (2011). Kids and Games Development Psychology 101, No Crusts Interactive.


pesquisar blog
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
17

18
20
21
24

25
27
31